22 abril 2013

Salve os Cachorros


 Na cidade de Esperantina, existem mais de 6.000 mil cachorros. Quero destacar aqui alguns pontos em que me chama a atenção. Primeiro não tenho nada contra criar cachorros, eu particularmente gosto também de cachorros. Mas veja bem; muita das pessoas não tem noção de como criar um filhote de cachorro, primeiro acha o filhote uma gracinha e leva para casa, todos tem o maior cuidado com o filhote, tempos depois o cachorro cresce e fica feio, adoece e ... Aqui é que está o grande problema em que sou contra. Você sabe para onde vão esses cachorros? Acreditem a maioria vão parar nas ruas de Esperantina, e ficam transitando no mercado Público, mercados, feiras, matadouros, e para sobreviverem passam a noite procurando lixo para se alimentarem. Nos bairros de Esperantina é maior a quantidade de pessoas que criam cachorros, e quando passam os que estão soltos nas ruas, é aquele barulho, deixando assim os moradores sem tranqüilidade.
Inúmeras vezes, já encontrei cachorros pela as ruas de Esperantina totalmente doentio, situação em que me deixa triste de ver um inocente sem o apoio de ninguém. Muitos desses animais vão procurar alimentos nas vizinhanças e acabam sendo envenenados, é o caso dos gatos abandonados, e quando tem seus filhotes muitos são jogados nas margens das pistas. É preciso que tenhamos responsabilidade para manter o controle da procriação desses pobres inocentes que chamamos amigos do HOMEM.
Peço as pessoas que ao adotar um cachorro, gato ou qualquer outro animal, primeiro deve lembrar que é mais um membro que vai entrar na família, afinal de conta, os animais também devem serem bem tratados. Eles precisam de uma boa alimentação, cuidados médicos, e acima de tudo precisa da sua proteção. Naturalmente existem pessoas que cuidam muito bem de seus animais, mas infelizmente muitos criam somente para maltratá-los.


Um comentário: