18 março 2013

O SIGNIFICADO DO BRASÃO DE ESPERANTIANA




Tanto a Bandeira e o Brasão de Esperantina foram idealizados pelo Esperantinense Francisco de Assis Fortes- criado pela Lei Municipal de N° 710 de 04 de Julho de 1979.

Na parte central encontra-se um escudo em forma simples, retilíneo, com curvas nas extremidades inferiores e pontiagudo no centro da parte inferior, medindo cinco módulos de altura por quatro de largura, contornando por uma orla de cor azul. A parte superior do escudo, corresponde a 1, 75 módulos, contém um chapéu de vaqueiro de cor natural, em fundo azul, mais claro que da orla, representando, simultaneamente, o vaqueiro com que se iniciou o povoamento do lugar, e o gado ensejou o surgimento da cidade e do município de Esperantina. A parte inferior do escudo corresponde a 3,5 módulos, contém uma paisagem, na qual se faz representar o Rio Longá, curso d água que banha o município e a cidade de Esperantina, estando no trecho onde se situa a majestosa Cachoeira do Urubu, de cuja beleza incomparável se ufanam os esperantinenses. Abaixo do escudo encontra-se uma faixa medindo um módulo de altura por oito de comprimento, em que se inscreve com letras azuis, em fundo branco, o nome do Município - ´´ ESPERANTINA.
Partindo da faixa, ladeando e ultrapassando o escudo por meio módulo, encontra-se uma palmeira babaçu ( á esquerda) e uma carnaubeira( á direita), ambas com copas de diâmetro igual a 2, 5 módulos, cujas palhas tocam o escudo, representação dos principais produtos do município: o coco babaçu e a cera; sobrepõe-se ao escudo, em cor terra, uma coroa mural, símbolo universal dos brasões de domínio, composta de dez torres das quais cinco são visíveis, medindo 1,5 módulo de altura por 5 de topo a topo das extremidades externas das torres laterais e 4 módulos da base da coroa, simbolizando a cidade de Esperantina, classificando-o a em primeira grandeza, ou seja, sede de município. A cor terra da coroa mural representa o húmus fértil e acolhedor do território esperantinense. Sobre a coroa mural uma estrela de cinco pontas em branco, orlada de azul, com extremidades medindo 2 módulos, tanto em linha horizontal como em linha obliqua, representa a Padroeira de Esperantina, Nossa Senhora da Boa Esperança, símbolo de fé do povo. O branco da estrela representa a pureza e a religiosidade. A cor azul da orla da estrela que também está na orla do escudo e na faixa simboliza a justiça e a perseverança.


Nenhum comentário:

Postar um comentário