24 dezembro 2012

Relatos de Francisco Pereira dos Santos, o Popular PIRANHA.











Francisco pereira dos santos nasceu no dia 29 de Janeiro de 1955. Hoje com 54 anos de idade, Filho de: Fernando de Sousa Santos e Margarida Alves Pereira, é pai de quatro filhos e atualmente moram no bairro nova esperança. Casado com Lina Alves Pereira, o matrimonio foi realizado na igreja matriz de Nossa Senhora Da Boa Esperança, com a benção do ex padre de Esperantina, Padre Lasdilau. Nasceu na localidade Cana Vistulo, hoje os Marruás, município de Luzilandia-Pi. Francisco veio com três anos de idade para morar em  Esperantina. Filho de lavradores e desde cedo teve que aprender a lutar em busca de dias melhores, Piranha tem uma irmandade de 10 irmãos. Seu pai ficou viúvo ainda muito jovem e posteriormente casou de novo, sendo Francisco, filho da segunda geração. O pai faleceu com 96 anos de idade e deixou uma família constituída e unida. O Pai de Francisco é um dos primeiros moradores do bairro nova esperança.

Piranha sempre foi um garoto esperto e inteligente, aos 15 anos logo aprendeu um oficio para ajudar nas despesas de casa. Aprendeu através do ex-jogador de bola, Xavier;  aprendeu a trabalhar com sapatos, isto é; consertando sapatos e bolas de futebol. Atualmente tem sua oficina, próximo ao mercado Público de Esperantina, é a famosa oficina UTI DOS CALÇADOS Aprendeu a trabalhar desde cedo e cedo MESMO se profissionalizou e teve que sair de Esperantina, para trabalhar fora. Nas décadas de 80 trabalhou na ALTOS CRUS, fabrica de sapatos.na cidade de Campo Maior. Já trabalhou na REGATA em Teresina e outras pequenas fabricas de sapatarias em fundo de quintal.Também trabalhou por 15 anos no famoso BOMCLIMA, onde exercia o serviço de Garçom.

Piranha sempre foi uma pessoa muito esforçado e teve que trabalhar de roça, para garantir o sustento de casa. De 86 a 92 sempre trabalhou de sapateiro. isto é vendendo sapatos.

De 81 a 86 trabalhou de vendedor ambulante ‘’ camelõ’’ era vendedor de sapatos em barracas nos festejos da região.

No ano de 1993 fundou a oficina e com homenagem a filha, o nome da oficina era SAPATARIA NAIANE. Isso até o ano de 1999.

Já no ano de 1999 mudou o nome da oficina para a UTI DOS CALÇADOS, nome que ainda existe até os dias de Hoje. Piranha trabalhou mais com autono de que com carteira assinada.

 No segundo mandato do ex-prefeito Zé Ivaldo  e através do ex Secretario de Cultura Marlon Sampaio, piranha conseguiu uma vaga para trabalhar na área do esporte, uma paixão que comerçou desde os 10 anos de idade. Anos depois Piranha consegue fundar a categoria sub18 com o ex vereador Medeiros, isso no ano de 1992 no bairro nova esperança. Depois fundou a categoria veteranos, mas logo veio a falência, faltou apoio para continuar com o projeto. Piranha começou a ajudar e participar de esporte desde muito sedo, sempre executou a função de auxiliar técnico.é sem duvida um baluarte do esporte de Esperantina, são exatamente essas pessoas a quem o esporte de hoje devem, isso é; foi uma pessoa totalmente dedicada ao esporte, independendo se está ou não empregado na prefeitura , sempre que tem um campeonato, lá está o piranha as margens do campo, assistindo uma partida de futebol, ou lá está, com as mãos na massa.

No ano de 1985/1986 foi vice- campeão do intermunicipal, foram jogar contra o time de campo maior em Teresina, na época era o melhor Estádio do Piauí. Foram para a final e foram vitoriosos com o placar de  5x2 contra a cidade de Benerval Lobão. No ano de 2000 foi campeão pela copa norte em Miguel Alves, sempre como auxiliar técnico. Já no ano de 2005, foi um grande incentivador da fundação da liga de Esporte Amador de Esperantina.

Piranha em todos os momentos do esporte, sempre esteve presente e muita das vezes garante um emprego pela prefeitura de Esperantina. É sem duvida; uma referência do esporte amador de Esperantina, e a cima de tudo; um grande incentivador do esporte. Fica aqui registrado este fato histórico tão importante para os arquivos da cultura e ESPORTE de Esperantina-PI.













Nenhum comentário:

Postar um comentário