03 maio 2010

O Movimento das Quebradeiras de Coco Babaçu não Pode Parar


Temos uma planta nativa chamada de  coco babaçu, ninguém plantou e nem cuidou dele, é um presente da natureza para o homem. Existe no Brasil mais de 18 milhões de hectares cobertas pelos palmeiras. Planta é essa que dar a oportunidade para muitas quebradeiras de coco. Isto é; através de movimentos organizados, exemplo disso é o MIQCB ( Movimento Interestadual das Quebradeiras de Coco Babaçu). Que atua em quatro Estados, Piauí, Maranhão, Pará e Tocantins. E em Esperantina, o MIQCB é coordenado pela presidente regional Domingas e tem o total apoio do CEPES (Centro de Educação Popular Esperantinense). E quém coordena esse movimeto ''FORTE'' é   a senhora Helena, que há mais de dez anos está nessa luta que não pode parar, e sempre agradeçe a mais conhecida de todo o movimento; Dona CHICA LERA, mulher de coragem, mulheres de muitas histórias para contar, desde o preconceito e  discriminação... até o encontro com o Lula. E o mais importante, hoje as quebradeiras de coco são respeitadas e reconhecida internacionalmente. Existe uma associação regional organizada que através de parcerias fazem projetos, onde se destaca a farinha do coco (mesocarpo) rico em nutriente para saude, o azeite de coco, carvão, sabonete entre outros, e da palha é feito uma infinidades de artesanatos. Tudo isso gera renda e auto-estima para as comunidades envolvidas nesse trabalho que sempre foi e será a fonte econômica do Território dos Cocais. Para mais informações procurá o CEPES.

Um comentário:

  1. SOU DE ESPERANTINA MAIS MORO EM SÃO PAULO A 6 ANOS, ESTOU FAZENDO UM TRABALHA DA FACULDADE NA VERDDE UM DOCUMENTÁRIO FALANDO SOBRE A REGIÃO DE ONDE VINHEMOS EU QUERIA MOSTRAR EM MEU TRABALHO OS BELOS E VARIADOS TRABALHOS DE ARTESANATOS DA NOSSA REGIÃO PRINCIPALMENTE OS
    PRODUZIDOS ATRAVES DO COCO BABAÇU PRETENDO IR ANO QUE VEM EM ESPERANTINA MAIS GOSTARIA DE PERDIR AJUDA DE VCS QUE ME ENVIA SE VIDEOS IMAGENS SE PUDEREM ME AJUDAR ESTE É MEU E-MAIL espergree@hotmail.com DE JA OBRIGADA

    ResponderExcluir